MATA, DESMATA, ARREMATA E MAMATA

Esse episódio vergonhoso, mais um, envolvendo o “ministro contra o Meio Ambiente”, mostra, mais uma vez, que temos um governo de canalhas, capachos e cínicos. E fica cada vez mais evidente que as quatro “frentes” governamentais estão sempre entrelaçadas.

Pra quem não tá ligado nessas frentes, a saber:

a MATA – milícias armadas crescendo perigosamente apoiadas pelo governo, os amigos dos Escritórios do Crime;

a DESMATA – a boiada passando, nosso futuro ameaçado;

a ARREMATA – a venda (na verdade, a doação) de todo o patrimônio público, crimes de lésa-pátria sem o menor remorso;

e a MAMATA – diz que não tem dinheiro pra vacina e pra auxílio, mas pra esquemas pesados e escancarados…

E o caso do que tem rolado com a floresta amazônica é exemplar nesse cruzamento de frentes. Esse ricardo salles é só mais um desses seres abjetos que saíram das trevas pra destruir o país, emergindo de um momento de doença social.

É preciso cair esse governo imediatamente.

#ForaBolsonaro

[@heraldohb – pitacolândia – maio 2021]


Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.